Paulo Navarro | sábado, 8 de dezembro de 2018

Foto: Lud Vendrix

Vestindo a autoestima

Domadora e incentivadora de paixões. Aceleradora de corações, olhos, corpos e almas. É o que faz Simone Lucenna, depois de trocar o jornalismo pela moda, com a sua “Si Lucenna: Imagem, Moda e Estilo”. Consultora em busca da valorização do estilo da mulher em seu dia a dia, sem restringir a configuração do corpo feminino ao oval, ampulheta, retângulo, triângulo ou triângulo invertido.

 

Simone, a moda e as configurações do corpo feminino. Qual a relação?

Como fundamentação teórica, tudo a ver, mas na prática é preciso ousar e quebrar regras. E minha consultoria quer ajudar as mulheres a se vestirem melhor. A moda, o vestir-se bem e a beleza são leves e para todas. Todo mundo pode usar tudo, desde que se crie uma harmonia visual.

Mas qualquer mulher pode usar qualquer coisa?

Se ela gosta, está dentro da estratégia de imagem que ela quer passar, pode usar. Mas ensinamos à cliente as estratégias para uma proporção corporal e visual, o que ela gosta, de forma que exalte sua beleza.

E como é que se faz isto?

É preciso que a mulher saiba trabalhar a seu favor e a consultoria de imagem vem exatamente para atender a esse desejo. Fazemos uma avaliação minuciosa. Nosso trabalho é exatamente este, identificar e ensinar a mulher a se conhecer e melhorar sua autoestima.

Há algum segredinho especial?

As cores! Elas têm um poder que as mulheres nem imaginam. Tons, proporção corporal, linhas, estampas e acessórios que possam valorizar o corpo e a imagem da cliente. É quando descobrem o poder do “lifting” e da “lipo” instantânea das cores.

O que é isso?

Cada pele possui uma cartela de cores que vibra melhor com o seu subtom. A mágica visual é tão grande que minhas clientes apelidaram o efeito de disfarce de linhas de expressão, de contração visual e de rejuvenescimento.

Estar bem vestida é pagar caro?

De maneira alguma. A moda é para todos e a consultoria de imagem e estilo também (risos).

Quais os ingredientes fundamentais?

Bons tecidos, roupas com boa modelagem (corte e caimento), cores são superimportantes e os acessórios.

Qual o seu diferencial?

Uma consultoria sem preconceitos, sem padrões e sem rótulos de corpo. Minha linha de trabalho é uma consultoria que utiliza a matemática para buscar um equilíbrio visual e corporal, sempre respeitando a cliente e o gosto individual de cada uma.

O que te motiva?

É o trabalho. Ir além da forma de se vestir. Trabalhamos para ajudar as mulheres a se amarem, se sentirem seguras, confiantes. Queremos jogar a autoestima lá pra cima e mostrar que elas podem tudo. Isso me move! Isso me faz estudar mais e mais e investir nesta profissão.

Você é perfeccionista?

Sim, minhas clientes merecem isso.

E qual é a forma do equilíbrio corporal visual?

Ela é personalizada cada um tem a sua (risos). O resultado é que é sempre o mesmo: trazer sempre uma alegria e uma harmonia visual que e ressalte a sua beleza.