Paulo Navarro | quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Durante confraternização do Banco Semear, a gerente de negócios Viviane de Paula Moraes, o ex-presidente e atual conselheiro do Banco Semear, Elcio Azevedo, o supervisor financeiro Marilúcio Almeida e o presidente do Banco Semear, Roberto Azevedo

Foto: Priscila Menezes

A arquiteta Juliana e Lilian Azevedo, diretora administrativa do Banco Semear, fazendo e acontecendo, no mesmo evento que comemorou os 12 anos da instituição financeira

Foto: Priscila Menezes

Carta de primavera

“Recado de Primavera” é uma crônica, melhor, uma carta do Príncipe das Crônicas, Rubem Braga, para o Rei dos Poetas, Vinicius de Moraes, que havia morrido dois meses antes, em julho de 1980. A carta expressa muito mais que a falta e o vazio deixado por Vinicius. Braga, assistindo aos espetáculos da primavera no Rio de Janeiro, lembrava que era a primeira sem Vinicius, desde 1913. O tempo voou.

Clima de primavera 

Hoje, 38 anos depois, com esta barra pesada e sem o próprio Braga, falecido em 1990; tem cronista, como Joaquim Ferreira dos Santos, adiando a primavera por falta de clima. Então, mais do que nunca, precisamos é de Rubem, Vinicius, lirismo, poesia e as coisas da primavera.

Semente de primavera 

Se os amigos apreciavam as garotas de Ipanema em minissaias, sem levar um processo por assédio sexual, nós temos as garotas lindas de BH. Se não temos mar, temos outras “violências primaveris”, como a chuva nas montanhas. Ah! Podem não ser os mesmos, mas temos o equivalente.

Flores de primavera 

O equivalente a um tico-tico com uma folhinha seca de capim no bico ou uma simples touceira de samambaia. Se procurarmos bem, achamos até a pitangueira que “O Fazendeiro do Céu”, Rubem Braga, tinha em sua cobertura, em Ipanema. Milagres acontecem, como a própria primavera. E assim, podemos terminar com as palavras finais do “Velho Urso”. O tempo vai passando e ainda vamos ficando um pouco por aqui, a vigiar, em nome dos cronistas e poetas do belo; o vento, os tico-ticos e as moças em flor.

Curtas & Finas

* Após a abertura do Hotel Fasano BH, amanhã, a imprensa mineira conhecerá as instalações e serviços do HFBH, dias 1 e 2 de outubro.

* A nova festa “Insanidade Hollywood na Land” acontece na Land Spirit – Olhos D'agua, neste sábado (29), a partir das 17h.

As fantasias da vez são as do ator e atriz preferidos. A Banda da Insanidade convidou Dora Vergueiro, Matheus Gontijo, vocalista da Banda Terral, e Nabor e o Bando.

* A Casa Thomas Jefferson recebe, dia 5 de outubro, às 20h, o Ars Nova – Coral da UFMG.

* O camaronês Richard Bona, baixista de jazz e world music, se apresenta com sua banda, amanhã, às 21h, no Sesc Palladium, no Circuito ViJazz & Blues Festival.

* Neste sábado (29), a rua São Paulo, templo de grifes de moda e do mais novo Hotel Fasano, recebe O Mercado Lourdes.

Bruno Gomide, da Zak, encabeça o projeto que terá bistrô orgânico, Verde que Te Quero Verde, vinhos da Mon Caviste, Oh My Churros! e AM Chocolates.

E mais: Jardim Spa, Geração Bella, Monnalisa, Coven, Noreen, Flor em Festa, João Sena e Zak.