Diamantes de sangue

No aniversário do nosso amigo Plínio Carvalho, o titular da coluna com Dani Nilo, Cristiane Carvalho e o anfitrião da noite
.Foto: Edy Fernandes

Diamantes de sangue
Não é novidade que os animais sofrem muito para satisfazer as necessidades humanas. Seja em testes de laboratório ou nas indústrias alimentícias. Nascem, crescem, sofrem e morrem em escala industrial. Como se fossem coisas e não seres vivos. A ganância do homem não ameniza sua dor, pelo contrário. Um dos tratamentos mais cruéis é reservado aos gansos e patos. Tudo em nome do famoso "foiegras".

Diamante cruel
"Foiegras", em francês, quer dizer fígado gordo, quase canceroso. Ele pode ficar gordo "naturalmente" ou via tortura, chamada "gavage", alimentação hipercalórica, forçada mecanicamente através de um tubo enfiado goela abaixo. O fígado cresce até 10 vezes mais que o normal.

Diamante possível 
Gansos são gulosos, não precisam disso. Em vários lugares do mundo, abriu-se uma luta contra e pela proibição desta iguaria. A favor também. De novo a solução seria a harmonia, mas... A Câmara de Belo Horizonte aprovou, há um mês, o projeto de lei sobre o assunto.

Diamante da cizânia 

Lei que proíbe produção e comercialização do "foiegras" em BH. O objetivo é combater os maus tratos aos animais. O texto está com o prefeito Márcio Lacerda, que pode sancionar, vetar ou deixar de presente para Alexandre Kalil, antes de merecidas férias na Nova Zelândia. A proposta do vereador Lúcio Bocão recebe críticas da área gastronômica, do tipo: "Os políticos deveriam antes é se preocupar com a saúde das pessoas e não com a dos gansos e patos", como disse a chef, Agnes Farkasvolgyi.

No mesmo evento que aconteceu no Graciliano Belvedere, as belas Elisa Pimentel, Cristiane Carvalho, Junia Mata Machado e Juliana Pimentel
 Foto: Edy Fernandes

Curtas & Finas

* “Amiga”, sobre foto de outra “amiga” no Instagram: “Você está linda. Qual o segredo?”. E a outra: “Uma tal de genética, conhece?”. Não adianta, se não tiver a amiga genética, o negócio é apelar a profissionais, como Eveline Bartels.

Em sua clínica só falta o elixir da juventude. Mas tem o rejuvenescimento a laser: durável, pra qualquer tipo de pele e época do ano. Para o corpo todo inclusive as famosas, perseguidas e outrora misteriosas áreas íntimas!

O mini lifting não é mágico, mas faz milagres. Aí é só colocar a “culpa” na genética e matar as “amigas” de inveja!

* Ótimo Révéillon garantido  é o do Minas Tênis Clube, confraternizando milhares de sócios e convidados  nos salões de festas, quadras, ginásio e gramado da unidade 2.

Exuberante decoração e música variada das bandas Via Láctea, Expresso Hits, Brilhantina, Jussara & Franklin. Festão com a chancela do novo presidente Ricardo Santiago e demais diretores.