Paulo Navarro | segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Encontro de belas no Empório Paraiso: Thais Helt, Flávia Renault e Ana Castro

Foto: Paulo Navarro

Parabéns Brasil 

Felizes aniversário, ano novo e novos anos. A guerra foi dura, covarde, cruel, triste; como todas. Muitas baixas, vítimas, entre amigos e até familiares. E nestes novos tempos, a história é escrita, não só pelos vencedores, como pelos derrotados. Somos todos testemunhas para as gerações futuras. Venceu a verdade e esta deve ser a rainha da tão falada, ensejada, boa, nova e já usada democracia.

Parabéns outubro 

O 7 de Setembro virou 7 de Outubro. Mesmo emergindo de ideias conservadoras, temos um Brasil novo. Confirmando que “nem toda loucura é genial, nem toda lucidez é velha”. A festa está bonita, mas é hora de trabalhar. Ganhou a o Brasil acima de tudo. Foi “de graça” e na urna.

Parabéns 2018 

Acelera, Jair! Sorte, presidente Bolsonaro. Temos um país dividido, partido, mas um novo presidente a quem desejamos sabedoria. Que “O Messias”, “O Eleito”, “O Escolhido” por milhões, seja o presidente de todos os brasileiros. A guerra de 16 anos acabou, mas a luta continua.

Parabéns 2019 

Por isso adaptamos um texto atribuído ao padre Fábio de Melo, cheio de constatações, alertas e lições. “Estamos cansados. E não é sem motivo o nosso cansaço. O mundo está pesado. Estamos excessivamente exigidos e exigentes. Todos com pressa. Todos com medo. Do que os outros dizem, do que os outros pensam. A vida virtual amplificou todas as opiniões”.

Parabéns horizonte 

“Ficou proibido discordar. Ter pontos de vista diferentes tornou-se motivo de ódio, segregação. Num círculo vicioso de ver e abrir a tela mágica que nos põe no centro do mundo, vamos realimentando o vazio, perdendo a leveza, vamos nos desprendendo do sentido da vida. E nada pode nos cansar mais do que viver ressentidos e sem sentido”. Então vamos colocar um ponto final no final feliz. Vamos procurar as pessoas, conversar, dialogar com quem estiver disposto, conversar quando for possível.

Curtas & Finas

* Concluindo a reflexão do dia, vamos ponderar, procurar um sentido, porque, como disse o próprio presidente eleito aos brasileiros que não votaram nele, “estamos todos no mesmo barco”.

E barco não navega em túneis, mas oceanos. Olhando bem no horizonte, dá para ver a luz. É o sol de 2019, puxando novas primaveras e outros carnavais.

* Copa do Mundo do Café em Belo Horizonte. Um torneio reunindo mais de 100 competidores, de 40 países, em provas durante o maior evento nacional do café.

Copa com diversas categorias. E a capital mineira será a sede. Do dia 7 ao 9, no Expominas.

As disputas serão focadas no preparo e na prova da bebida, destaques da Semana Internacional do Café (SIC), o maior evento nacional do setor.

Thais Henriques, à frente da Rede Cineart, e que liderou a abertura da Cineart Filmes, há três anos, comemora os três filmes da distribuidora no Festival do Rio 2018, até dia 11, e de um filme na 42ª Mostra de Cinema em São Paulo, até dia 31.

* O jornalista e escritor mineiro Dino Sávio lança hoje seu primeiro romance: “Quem é de lá que vem aí?”.

Às 19h30, na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa.