Cuidados no verão

Sol, praia, piscina, praças... Estamos em pleno verão, época em que muitas pessoas aproveitam o calor e as férias escolares para viajar com a família. A diversão aumenta, mas os cuidados também devem acompanhar. Neste período, a radiação solar incide com mais intensidade sobre a Terra, o que aumenta o risco de queimaduras, câncer de pele, dentre outros problemas.

A principal recomendação é intensificar o uso do filtro solar, já que ele deve ser aplicado, diariamente, em qualquer estação do ano, sempre 30 minutos antes da exposição solar, para que a pele absorva o produto. Quantidades ideais devem ser observadas para garantir a proteção descrita na embalagem: 2 colheres de chá do protetor para cada perna, 1 colher de chá para cada braço, 2 colheres de chá para frente e costas do dorso e 1 colher de chá para rosto e pescoço.

Fiquem atentos na escolha do produto ideal: Além de escolhê-lo com fator de proteção solar (FPS) de no mínimo 30, ele deve proteger contra os raios UVA (indicado pelo PPD) e UVB (indicado pelo FPS).  Áreas do corpo, como orelhas, nuca, mãos e pés não devem ser esquecidas, assim como reaplicar o protetor a cada duas horas ou quando entrar na água ou transpirar excessivamente. Lembrem-se que as manchas e as sardas brancas surgem em longo prazo, com a ação dos raios solares. A melhor forma de evitá-las é utilizando o protetor solar. As manchas escuras de pele, chamadas melasmas, também pioram nesta época. Para minimizá-las, é importante evitar qualquer fonte de calor e procurar um dermatologista para indicar o melhor tratamento para cada caso.

Atenção também com os pequenos. A partir dos 6 meses de idade, é importante usar filtro solar apropriado para bebê, recomendado por pediatra ou dermatologista.

Quem vai se expôr ao sol, deve se lembrar de evitar o horário das 10h às 16h (horário de verão) e redobrar os cuidados com as cicatrizes, principalmente as novas, que tendem a escurecer nessa situação. Proteja-as com filtro solar ou mesmo com barreiras físicas, como esparadrapo ou outro curativo.

Para ajudar a bloquear ainda mais a radiação solar, recomenda-se o uso de roupas de algodão e chapéus ou bonés, que a inibem em até 90%. Tecidos de nylon ou sintéticos bloqueiam apenas 30%. Hoje, já existem roupas próprias disponíveis que garantem proteção solar de quase 100%.

Os cabelos também devem estar protegidos com produtos específicos e, os olhos, com óculos de sol com lentes com FPS, de forma a prevenir catarata e outras lesões.

Após o banho de mar ou piscina, lave o corpo com água limpa, para retirar o cloro e o sal. Na hora do banho, mantenha a temperatura da água fria ou morna, para evitar ressecamento e opte por sabonetes hidratantes, nunca em excesso.

Quem tem tendência à acne solar, causada pela oleosidade aumentada da pele nesta época, pelo filtro solar e pela própria radiação; deve lavar o rosto com um sabonete adequado, usar tônicos mais adstringentes e filtros solares para peles oleosas.

Hidratação também é fundamental. O uso de hidratantes após os banhos ajuda a manter o bronzeado sem descascar! Ingerir líquidos contribui para manter a quantidade adequada de água na pele. Por isso, nunca é demais beber água, água de coco e sucos naturais.

Com esses cuidados adequados, curta o verão, sem moderação!